Databases

This portal has 4 indexed databases. Use the following terms to filter the databases list.
Archive logo

Arquivo Municipal de Chaves

O Arquivo Histórico Municipal é constituído pela documentação de natureza administrativa e histórica procedente dos diferentes serviços Municipais e como consequência das funções genéricas de recolha, selecção, tratamento e difusão, mantendo sob a sua responsabilidade a documentação produzida ou reunida pelos diferentes órgãos e serviços, independentemente do tipo de suporte ou formato, como resultado da actividade camarária e que se conserva para servir de testemunho, prova ou informação, constituindo o acervo documental da Câmara Municipal de Chaves.

Este poderá ainda albergar fundos arquivísticos de natureza diversa, em qualquer tipo de suporte, que pelo seu valor histórico-cultural se revelem de interesse para o concelho e que, por compra, doação ou simples depósito, façam parte da documentação em arquivo, propriedade do Município ou de que este se constitua fiel depositário, e como tal sujeita aos mecanismos de gestão arquivística.

Archive logo

Biblioteca Municipal de Chaves

A Biblioteca Municipal de Chaves tem por missão promover o livro e a leitura, ser um polo aglutinador da cultura flaviense preservando a memória documental local seguindo as orientações definidas pela UNESCO.

A Biblioteca Municipal de Chaves é um serviço público de cariz cultural, da Câmara Municipal de Chaves, que tem como objetivos:

  • Promover e fomentar o gosto pelo livro e pela leitura, pelo desenvolvimento educacional e cultural do concelho, pelo acesso à consulta e leitura de livros, publicações periódicas, multimédia, bases de dados, bibliotecas digitais e outros tipos de informação e documentação, contribuindo assim para responder às necessidades de informação, lazer, educação, pesquisa e cultura, por parte da população flaviense, no pleno respeito pela diversidade de gostos e de escolhas, segundo os princípios definidos pelo Manifesto da UNESCO para as Bibliotecas Públicas;
  • Assumir-se como proposta para a ocupação de tempos livres e estimular a reflexão, o debate, a crítica e o convívio entre criadores e público em geral;
  • Promover e divulgar o património cultural local e nacional em todas as suas vertentes;
  • Apoiar e incentivar a educação individual, a autoformação, bem como a educação formal a todos os níveis, proporcionar e fomentar o desenvolvimento da capacidade de utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação;
  • Contribuir para a descentralização da leitura a nível concelhio e do desenvolvimento de uma Rede Local de Leitura Pública.
Archive logo

Centro de Documentação da RIET

O Centro de Documentação é um organismo de informação, criado através do projeto RIET (Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças), aprovado no âmbito do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP), com participação financeira da União Europeia (cofinanciamento FEDER).

Este organismo pretende especializar-se na temática da cooperação transfronteiriça, albergando e pondo à disposição do público documentação variada em formato impresso e digital. Além do seu espaço físico, o Centro pretende, também, constituir um espaço virtual, disponibilizando o maior número possível de documentação em formato digital, através da constituição de uma base de dados on-line, para uma maior visibilidade e acessibilidade de todos os interessados, permitindo a disposição e acesso de conteúdos através da Internet.

A constituição deste Centro é uma mais-valia no que diz respeito à cooperação transfronteiriça, facilitando assim o intercâmbio e a disseminação da informação, não só na fronteira luso-espanhola, mas também por toda a Europa.

Localizado na cidade de Chaves, o atual espaço, onde se encontra o Centro de Documentação da RIET, albergou outrora a antiga Cadeia Comarcal de Chaves ou “Cadeia Velha”, um edifício de finais do séc. XVIII. Em 1999, quando a Câmara Municipal de Chaves decidiu intervencionar este espaço, as sondagens arqueológicas revelaram a presença de vestígios do período romano, nomeadamente, um forno de pão, os alicerces de um eventual edifício de habitação, bem como, um tramo de muralha medieval, proporcionando uma experiência viva do passado da cidade a quem visitar o este espaço.

Archive logo

Município de Chaves - Rede de Museus

O Museu da Região Flaviense é uma rede de museus municipais de carácter público ao serviço da comunidade regional e nacional, que tem como missão sensibilizar os públicos para a história da região flaviense, através dos seus diversos núcleos expositivos vocacionados para a educação e fruição como pólos de estudo e atractividade da sociedade flaviense.

A ideia de criação do Museu remonta a 1929, aquando da passagem de Chaves de vila a cidade.

Nesse ano, a Comissão Administrativa da Câmara Municipal deliberou, na sessão ordinária de 18 de Maio, criar e eleger a Comissão Instaladora do Museu da Região Flaviense. Este grupo era constituído por distintas personalidades da cultura flaviense, nomeadamente, o Dr. Francisco de Barros, Dr. Adalberto Teixeira, Dr. António Júlio Gomes, Dr. Constantino Torres Vouga, Dr. padre António Cerimónias e o padre Manuel Pita.

A primeira casa do museu foi na antiga igreja do Convento das Freiras. Mas, em 1945, o museu foi transladado para o edifício do Largo do Anjo, uma casa senhorial que integrava a Capela de Santa Catarina.

Com a comemoração em 1978 do XIX século da existência do Município Flaviense, a qual contou com a presença do então Presidente da República, o General Ramalho Eanes, o museu foi novamente transferido, agora para o edifício do Paço dos Duques de Bragança, antigo albergue da célebre biblioteca-museu do duque, aonde permanece.

Em 1993, foi criada uma Comissão de Reformulação do Museu da Região Flaviense constituída por vários especialistas das áreas de História, Arqueologia e Museologia, onde se destaca a acção dos Profs. Drs. Armando Coelho e Rui Centeno, bem como do arquitecto Manuel Furtado Mendonça.

Inicialmente, este museu recebeu o nome de Museu da Região Flaviense, mas posteriormente foi atribuída esta designação à rede de museus municipais, que abrange os vários museus temáticos da região, passando este museu, que encabeça a rede, a designar-se por Núcleo de Arqueologia e de Pré-História.

LibrariesLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
Documentation centerLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
MuseumsLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.